Liderança: a importância da alta performance do Líder para elevar sua equipe

22 Sep 2018

 

 

Se perguntarmos a diferentes pessoas o que elas entendem por Liderança, teremos, essencialmente, a seguinte resposta: "É a arte de comandar pessoas".

 

O que está relacionado ao ato de liderar?

 

Ser um bom líder não se resume apenas a delegar funções e cobrar resultados, é algo que demanda estrutura e treinamento. Líder é a pessoa que dirige um grupo, tendo a obrigação de unir os elementos deste, para que juntos possam alcançar os objetivos definidos.

 

Um bom líder aponta a direção a ser seguida, jamais o faz com uso abusivo do poder estabelecido por sua posição, o faz com paciência, disciplina, compromisso, respeito, humildade, e, sobretudo, a capacidade de influenciar positivamente os subordinados.

 

Estando apto a implementar mudanças, desenvolvendo em sua equipe novas competências que serão empregadas nos novos cenários dentro do contexto que estão inseridos.

 

Portanto, a liderança é um comportamento diretamente relacionado com a motivação, tendo em vista o fato de que um líder eficaz sabe como motivar os elementos de seu grupo ou equipe.

 

Um líder bem sucedido é aquele que possui virtudes como: criatividade, inovação e espírito de coletividade, qualidades que são imprescindíveis em qualquer contexto profissional.

 

As atitudes de um líder refletem diretamente na equipe, podem auxiliar a ganhar respeito e admiração pelos membros ou perder a credibilidade.

 

 

 

 

Ao buscarmos referências relacionadas ao papel de líder, pensamos em pessoas que possuem magnetismo pessoal, que criam seguidores simplesmente por sua  forma de pensar, portar e na maneira como conduzem seu time. Que desde criança mostram toda a força de sua personalidade, tanto no seio familiar como em lugares públicos, como escolas.

 

Mas a liderança também pode vir através do autodesenvolvimento, do exercício de habilidades relacionadas a  essa posição e do poder de mobilizar cuidadosamente os pontos fortes de si próprio e de outros.

Os três tipos clássicos de liderança, que definem a relação do líder com os demais membros da equipe. principais qualidades de líderes modernos.

 

Visão: Dentro da visão estão inclusos os valores e a missão de uma empresa ou negócio, representa um estado futuro para a empresa, onde ela deseja chegar e o que quer alcançar, permitindo o direcionamento claro e tangível ao futuro esperado.

 

Coragem: ser corajoso não significa não ter medo, significa agir apesar do medo. É a habilidade de correr riscos, de ter iniciativa sem garantias, de seguir em frente, persistir, redefinir rotas e lidar da melhor maneira possível com crises.

 

Integridade: é o que garante a funcionalidade das outras qualidades. Demonstra uma atitude de plenitude moral, sendo a característica de uma pessoa incorruptível.

 

Responsabilidade: A responsabilidade é uma característica mais apreciada e procurada no mercado de trabalho, o colaborador responsável é devidamente recompensado por exercer essa qualidade.

 

Determinação: Foco permanente nos alvos estabelecidos, criando planos para otimizar o alcance deles, em resultados e soluções ágeis e assertivas.

 

Cooperação: é a habilidade de trabalhar efetivamente em conjunto e entender seus colaboradores bem ao ponto saber como auxiliá-los para que deem o melhor de si.


A importância do Profissional de Coach em sua empresa

 

O trabalho do Coach Profissional através de um processo de coaching e treinamentos é fornecer aos líderes ferramentas para desenvolver as habilidades necessárias à superação de desafios, abreviando o caminho rumo ao sucesso.

 

Através do coaching, os líderes podem conquistar a competência mais valorizada pelas organizações atualmente: a liderança de alta performance.

 

O Coach Profissional irá focar no fortalecimento do líder através da elaboração de alvos claros e no seu desenvolvimento humano e profissional, buscando aperfeiçoar suas habilidades.

 

O líder coach, é aquele que exerce sua liderança utilizando técnicas e ferramentas do coaching e, em virtude disso, demonstra características singulares, o que o torna valoroso ao olhos das empresas e motivador aos olhos de sua equipe.

 

O líder coach dá feedbacks construtivos e assertivos, possui perspectiva organizacional, habilidade de interpretação e de escutar com atenção, proporciona e valoriza a confiança mútua, é  comprometido com seu desenvolvimento pessoal bem como o de sua equipe, antecipa oportunidades, assume responsabilidades, busca soluções em conjunto.

 

O líder coach reconhece esforços, contribuições e talentos, é otimista e orienta o grupo para os resultados, pratica o coaching visando a performance e desenvolvimento, é proativo eficaz e influente, estimula o aprimoramento da comunicação entre sua equipe, bem como de aspectos como foco, produtividade, automotivação, negociação, inovação, criatividade, relacionamento interpessoal, planejamento e visão sistêmica.

 

Esses profissionais inspiram seus colaboradores e os  conquistam pelo exemplo de suas atitudes, não pelo autoritarismo ou pela imposição de seus ideais. O líder coach busca não apenas desenvolver o capital humano, mas também agir com flexibilidade e criatividade, garantindo a inovação e superação das expectativas geradas pela organização.

Os três tipos clássicos de liderança, que definem a relação do líder com os demais membros da equipe.

 

Liderança Autocrática: É o tipo de liderança mais autoritária, na qual o líder impõe as suas ideias e decisões ao grupo, não ouve a opinião da equipe, inviabilizando o  diálogo aberto e a implementação de soluções que não sejam dele, são dominadores, emitem ordens claras e objetivas esperando a obediência plena dos subordinados e  são temidos pelo grupo. Ocorrendo constantemente o uso abusivo do poder e desmotivando a equipe.

 

Liderança Democrática: Nesse tipo de liderança, o líder estimula a participação do grupo e orienta as tarefas. É uma liderança participativa, em que as decisões e execução de tarefas são tomadas após debate em conjunto; a participação dos colaboradores é incentivada, valorizada e recompensada. O líder atua apenas como suporte à equipe.

 

Liderança Liberal ou Laissez-Faire: Neste modelo de liderança, são imprescindíveis liberdade e total confiança na equipe, tanto como grupo propriamente dito, como em cada indivíduo. As decisões são delegadas e a participação do líder é limitada, permitindo total liberdade ao colaborador.

 

Neste tipo de liderança o líder age apenas como facilitador e estimulador da criatividade dos funcionários. As vantagens da Liderança liberal ficam por conta do fato dela ser útil para avaliar o resultado de possíveis processos de capacitação, o nível de maturidade dos membros da equipe, o relacionamento interpessoal e para aumentar a autoconfiança do time. Este tipo de liderança, porém, não é indicada para grupos cujos membros não tem conhecimento ou experiência nas tomadas de decisão.

 

Um líder possui a habilidade de motivar e influenciar os liderados, valorizando a ética e a positividade, para que estes contribuam voluntária e entusiasticamente para alcançarem os objetivos da organização. Liderar é uma tarefa extremamente complexa, pois o bom líder, além de habilidades técnicas para gerir a equipe, deve ter também a capacidade de desenvolver seus liderados, atendendo expectativas pessoais e profissionais, alinhado com os interesses da organização que atua. O que exige doses generosas de autocontrole, autoconfiança, visão de futuro, planejamento estratégico, entre muitas outras habilidades fundamentais.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como a meditação pode mudar sua vida. Conheça seus benefícios.

November 8, 2019

1/9
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga